terça-feira, 20 de setembro de 2011

Júnior do Cavaco – o poeta do samba

Conheci Júnior do Cavaco através do seu pai, seu Remédios, na época em que estudávamos juntos no turno noturno do Ginásio do Cruzeiro. Em meados dos anos 80 Júnior já dava seus primeiros acordes no cavaco. A partir dali criamos uma relação de amizade muito forte porque seu Remédios também participava da Ala de Compositores da ARUC. Júnior do Cavaco foi o maior compositor de samba de Brasília e sempre me ligava para mostrar um samba novo e me pedir opinião sobre suas composições.

Duas delas “De mim para você” dele com Evandro Barcelos gravado pelo Negritude Júnior e “Indefinições” gravada pelo Grupo Coisa Nossa. Dificilmente alguém que ouve essas músicas e conheceu Júnior não se emociona com suas letras fortes.

Infelizmente Júnior faleceu no início dos anos 90 em um acidente de carro deixando um grande vazio no samba de Brasília e até mesmo do Brasil, pois já ocupava espaço com grandes grupos do pagode e cada vez mais melhorava não só as suas composições como também se aperfeiçoava tocando cavaco.

A homenagem a Júnior do Cavaco se estende a toda uma geração de pagodeiros de Brasília com a qual ele tinha afinidade.

Helio dos Santos, com colaboração de Rafael Fernandes
Minhas histórias na ARUC

Nenhum comentário:

Postar um comentário